Home
Área de assinantes
O Baú
no YouTube
Quero
ser assinante
Loja
Quem somos
Fale conosco
As pessoas
 
O projeto De Tudo no Baú nasceu da mente criativa da professora Cristina Locatelli, uma pessoa com visão e com vontade de mudar o mundo para melhor. Cristina é autora de vários livros: Agressividade Infantil, Relax e Reprogramação Emocional no Combate ao Stress Infantil, Construindo a Autoestima Desde a Infância, Caio e o Pé de Vento, e alguns outros ainda não publicados. Estes estão sendo preparados para a publicação.
 
Neste momento, a Cris está num período entre vidas, lá no plano sutil. Enquanto isso, o Baú é tocado pelo prof. Roberto Locatelli, que ministrou aulas de técnicas de autoconhecimento durante 25 anos. Essas aulas eram presenciais. Agora ele transferiu sua plataforma, do presencial para o virtual, ou seja, para a internet. Ele é autor do livro de ficção filosófica Planeta Ígnis, do livro de ecologia para crianças Meu Amigo O Mundo, e de outros títulos ainda não publicados. Na década de 90, Roberto viajou à Índia em companhia do prof. DeRose, para conhecer um pouco das origens ancestrais das técnicas ensinadas aqui no Baú. Nessa época, ele ministrou muitos cursos de autoconhecimento, tanto para alunos comuns como para professores da área. Também ministrou cursos de administração do stress em empresas.
 
o Baú conta também com a presença de Mônica Mansur Brandão, engenheira e administradora. Mônica foi professora da PUC Minas e tem vários livros escritos: Orquestra Societária - a Origem (com Cida Hess), Visões da Governança Corporativa (com Gregório Mancebo Rodriguez), e Do Rascunho ao Livro (com Roberto Locatelli). Tem contribuído também com sites e revistas. Mônica participa com sua voz em vários áudios da área de assinantes e sua contribuição foi muito importante para que o Baú se tornasse realidade.
 
A proposta
 
O Baú tem fundamentação Dakshinacharatántrika-Niríshwarasámkhya. Isso significa que:
 
1) propomos o autoconhecimento sem misticismo e sem influência religiosa. É autoconhecimento puramente técnico. Pessoas de qualquer religião podem praticar essas técnicas. Ateus e agnósticos também.
 
2) não aceitamos proibições, obrigações ou qualquer forma de repressão. Você não vai se tornar um monge ou monja. O autoconhecimento como proposto aqui é para pessoas comuns, produtivas e dinâmicas.
Quem somos
© Esta página é protegida por direitos de copyright nas formas da lei etc etc etc. Em resumo, se você quiser reproduzi-la por qualquer meio, precisa antes falar conosco.